Visitantes

27 de julho de 2012

O que ficou o vento levou.


Bem me quer; mal me quer... (Tanto faz).
Por eretismos dissimulados cada um sabe o que faz.
Sem comiserações não precisas da minha atenção
Foi apenas por consideração, mas agora findou!
Achava me conhecer, contudo se enganou.
Os caminhos mudam com o tempo
e o que ficou, o vento levou (...).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...