Visitantes

10 de julho de 2012

Rasgando-me.



Rasgo versos
Dilacerando sentimentos
E pensamentos.
Por penúrias de letras
Parafraseando o abstrato
Dos químicos momentos.
Entendo por realidade
A verdade que enfrento,
Diga-se de passagem:
Que isto é!
Mesmo agora não sendo.
Com uma funda na mão
Encaro espadas
Corro por estradas contra o vento.
Conjugo o medo
De volta ao passado
Sigo em frente escrevendo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...