Visitantes

18 de agosto de 2012

Seja cruel; Mate-me de prazer e leve-me para o céu.



Seja cruel;
Mate-me de prazer
E leve-me para o céu.

Faça-me enlouquecer
E clamar por teu nome (...).
Rasgue meu peito com tuas unhas
E me possua para que eu seja para sempre teu homem.

Prenda-me entre teus seios
E faça sangrar meu espírito.
Quero sonhar contigo todos os dias
E morrer escutando teus gemidos.

Expulse de mim a solidão
E preencha o vazio que habita em mim,
Ofereço minha vida a tua mão
Para que sejamos um e nosso amor não tenha fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...