Visitantes

28 de setembro de 2012

Insensato Coração


Por acatos, desacatos, encontros e reencontros me perdi entre o querer e o não saber exato o que fazer (sete flechas arremessei e todas voltaram contra mim). Entre o erro e o desespero, da verdade e da maldade quase acabei chegando ao fim.


Pelas as horas que passavam;
Pela ansiedade que me almejava forte;
Era a saudade que me transpassava;
Era o meu destino lançado à sorte...

Por dar ouvidos à razão fui enganado por meu próprio ego, subestimei a voz que vinha do meu coração dizendo o que era certo.

Tropecei em pedras
E machuquei entre rosas pelo o caminho;
Procrastinei a própria queda
Pela a sina escrita no destino.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...