Visitantes

30 de setembro de 2012

Poeta de rua, ou poema sem rima.


Escrevo teu nome nas calçadas com cacos de tijolo
Para lembrar que ainda não vivemos quase nada.
O amor é como os sonhos que gritam pelo o silencio
Alçando voos em tuas asas.
Versos são lamentos que atiro para os ares,
Poemas sem rimas
Digo e recito por todos os lugares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...