Visitantes

14 de dezembro de 2012

Onde a morte pode valer a pena.




Vá...
Vai...
Vaidade...
Vá de verdade...

Pelos quatros cantos
Pelos quatros ventos
Em todos quatro sentidos
Mas saia desta posição de “quatro”.
Seja diferente
Faça diferente
Não se importe com o que vão pensar
Viva e seja independente.

Não seja como os fracos
Não tenha medo de mudar
Não seja como os fracassados
Não tenha receio de tentar.
Cante, encante;
Perca ou ganhe.
Viva até o limite
Onde a morte pode valer a pena.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...