Visitantes

27 de janeiro de 2013

Rosas, peixes & ferros; ou Te amo, mesmo que ainda não compreenda.




Do deslumbre olhar
Apreciar, degustar...
Rosas, peixes & ferros;
Por este contemplo profundo
Que intimida e faz pensar.
Quero teu beijo,
Teu abraço e tuas angustias;
Tua doçura, teu vigor – teu ensejo.
Por anos te desejei sem te conhecer,
Amei-te – mesmo sem você saber.
Foram mil sonhos dedicados
Por um súbito delírio,
Canções arranhadas em dedilhos
Afinados com o canto de cada manhã.
Meu amor (Entenda),
Te amo,
mesmo que ainda não compreenda. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...