Visitantes

19 de fevereiro de 2013

Minha vida não é alcorão



Como um poeta morto minha alma grita e ecoa poesia!
Do profundo abismo;
E do clamor que não é ouvido.
Fui assassinado pela solidão,
Para ser mais exato – por um amor não correspondido.
Minha vida não é alcorão,
Meu canto não tem estrofes,
Corre sem cadencia, sem afino e sem ritmo...





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...