Visitantes

18 de junho de 2013

Protesto














Protesto pela a pretensão de não saber se possuo teu afeto ou deixo teu afeto me possuir. Protesto pelo o anseio que me dilacera e me corta o peito de saudade. Protesto pela a incerteza de amar e ainda sentir medo. Protesto por apetecer o teu gozo e de não saber como cartear-se. Protesto pelas ruas e pelo o mundo clamando e sussurrando em todo tempo o seu nome. Protesto contra meu coração que não me dá outra opção senão te amar incondicionalmente. Protesto por olhar nos teus olhos e não ter forças pra resistir tanta pureza. Protesto por passar tanto tempo procurando alguém assim e só encontrar afago nos teus braços. Protesto contra tudo e contra todos para ser para ti o que você é para mim.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...