Visitantes

21 de setembro de 2013

Não há razão para explicar aquilo que não se quer entender



Hoje, especialmente hoje acordei e diferente de todos os dias, permaneci de olhos fechados; observei que minha vida embora cheia de dificuldades também é repleta de flores, poesia, musica, paixões, futilidades e outras coisas. Na minha cabeça reside um turbilhão de pensamentos que se uma vez materializados poderiam modificar o mundo. Contudo, optei em permanecer em silencio trancado em minha “cabana” que não tem endereço, mas que me abriga, me abraça e não deixa que ninguém veja minhas lagrimas quando choro para dentro.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...