Visitantes

3 de maio de 2014

Assim é, assim será...


Agora te pego pelos os cabelos e te arrasto,
Conduzo-lhe entre os meus passos,
Olhos no fundo dos teus olhos para te mostrar que sou.
Sou mais que um poeta, sou homem!
Tenho sentimentos, mas sou conduzido pela a razão.
Nunca terá motivos para sair do meu lado,
Mas se quiseres ir embora, podes ir.
(Saiba que não lhe aceitarei de volta).
Não jogo o teu jogo, não sou nenhum paspalho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...