Visitantes

12 de outubro de 2014

Poesia da Real




Sim, já fui casado.
Mas não de papel passado.
Sei o quanto um homem sofre
Por está aprisionado.
Sei a dor estar junto
E ainda sentir solitário.
De fazer tudo pelo o outro
E no fim ser chamado de otário.

Casamento e aliança
É apenas aparência.
Amor de verdade traz paz
Não faz perder a paciência.
Hoje prefiro a liberdade,
Amor próprio e independência,
Homem de verdade
Vive pela a razão com inteligência.

Que se dane o mundo inteiro
E também sua opinião.
Homem da real
Não vive na ilusão.
Pode me chamar de individualista,
Mas de egoísta, não!
Pois minha maior conquista
Foi me libertar desta prisão.

Um dia me disseram
Que eu jamais ia conseguir,
Sem querem alimentaram
A minha ambição de não desistir,
Hoje agradeço e reconheço
Pelas as palavras amargas que me fizeram chegar ate aqui,
Não guardo saudades do passado
Pois tenho um presente e um futuro a seguir...











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...