Visitantes

26 de dezembro de 2014

Quase por enquanto.




Pode me deletar da tua vida, rasgar todas as fotografias, me bloquear nas redes sociais, evitar amigos em comum, pode jurar amor eterno a outra pessoa e fazer o que quiser.

Nunca, mas nunca vai conseguir me esquecer, e você sabe muito bem “porque”.

Não foram apenas beijos, afetos, química e física. Foi muito mais que brigas e desentendimentos. Mas muito mais; foi a historia de uma vida cheia de sonhos e propósitos que não se cumpriram. Foi como ler um livro e ter parado bem na a metade. Mas ainda há vida, há vontade de continuar e ser feliz (não no mesmo caminho – é claro).

Não guardo mágoas e não carrego ressentimentos. Faria tudo novamente e com mais intensidade. Não me arrependo de nada, porque com você pude aprender, a chorar, a levantar a cabeça e a fazer tudo àquilo que sempre quis fazer, mas não seria possível se estivesse do seu lado.

Obrigado por existir e ter me feito conhecer um paraíso desconhecido.

Agora estou partindo e voltando para casa.











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...