Visitantes

10 de fevereiro de 2016

Apenas viver, e feliz.

E há tempos que perco as palavras que compõem meus textos, me afundo em pretextos e me afogo em um oceano sem contexto. Desafino cantando canções que mesmo escrevi, sou dilacerado pela a poesia que atravessa meu peito feito uma lança de versos sem significado.

Mas, não se engane...
Pois, tristeza não tenho;
Ansiedade? Menos ainda.
Saudade nem sei o que é.

Contudo, sou apaixonado pela a vida. Pelo o afago e pelo o espanto que o presente me propõe a cada dia. Amo o mundo, mas não sou apegado a ele. Sou desprendido de coisas, de pessoas, de conceitos e de ideologias. Acredito que a vida é muito simples e ao mesmo tempo muito grande para ser reprimida, limitada ou definida nestes aspectos.

Viver é celebrar com júbilos de gratidão,
É cantar, dançar, beijar, amar...
Viver é um presente, uma dadiva dos céus...
A vida é tudo que de mais precioso que temos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...