Visitantes

21 de agosto de 2016

Uma resposta




Fim de domingo - você ai, eu aqui e tudo bem. Ambos pensando como poderia ser se distancia não fosse um obstáculo para desejo. Tão sós e sem ninguém. Na boca o doce amargo da esperança pela a saudade de um tempo que passou e que novamente não volta e não vem. Quem sabe um novo dia, uma oportunidade ou a vontade possa nos convencer novamente de olhar um no olhar do outro? Nada obstante, desejaria apenas este momento para desconjugar o verbo no tempo passado ou quem sabe escrever uma nova estória. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...