Visitantes

30 de maio de 2017

Espírito Fleumático




Agora nada mais me traz ansiedade, stress e depressão. Já não crio expectativa, não tenho afobação, já não sofro pelo o povir. Há muito tempo não sei o que é uma lagrima umidificar meus olhos e descer pelo meu rosto. Não vivo atrás de ninguém e não morro de amor por ninguém. A questão não é “frieza”, mas posso chamar de elucidação da realidade, ou melhor, o encontro com a paz, com a liberdade, com sabedoria, com a saúde e prosperidade. Plenitude, talvez esta seja a melhor definição.

No mundo, o sofrimento é latente. As pessoas correm para cima e para baixo em busca daquilo que não possuem (ambição). São impulsionadas pelo o desejo de ter, de possuir, de usufruir, descartar e não dá mais valor – isso vale para coisas e pessoas.

Que se dane o mundo! O que me interessa neste momento é apenas a calma de espirito.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...