Visitantes

8 de junho de 2017

Prometi, mas não consigo.

Hoje não quero falar de mim. Também, não vou conjecturar. Não vou me aprofundar em sentimentos vazios e pensamentos rasos. Quero apenas um beijo bem molhado e depois um xicara de café sem açúcar. Mas por favor, não tente entender este momento. Ele não tem muito significado – apenas deve ser vivido.

Um dia fui poeta
E não fui compreendido,
Um dia fui profeta
E não me deram ouvidos,
Um dia eu fui sincero
Como nunca deveria ter sido,
Eu sei que prometi não falar de mim,
Mas não consigo.

Poderia falar de politica, mas este assunto aguça minhas criticas. Poderia falar de amor, mas este assunto traz muita dor. Poderia falar de religião, mas este assunto não tem direção. Poderia falar sobre a vida, mas este assunto é nostalgia. Poderia falar de filosofia, mas é enfadonha a agonia. Poderia falar de poesia, mas poetas não falam, recitam fantasias.

Podemos deixar todos os assuntos de lado,

poderíamos apenas beijar, beijar e beija (...)







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...