Visitantes

4 de maio de 2017

Acreditar ou não acreditar?




Não acredito em diabo (seja ele ou quem ela for). Não acredito na lei da recompensa e na virtude da bondade. Não acredito em nenhum tipo de ideologia. Não acredito em políticos e nem na politica. Não acredito em Deus (judaico, islâmico, cristão ou qualquer outro). Não acredito no ateísmo e não sou agnóstico. Não acredito em mulheres. Não acredito na falta de interesse e na falta de motivação sem busca do prazer. Não acredito em anjos. Não acredito que a terra seja redonda e nem que o homem pisou na lua. Não acredito no inferno e também não acredito no céu. Não acredito nas boas intenções dos socialistas e dos comunistas. Não acredito na ciência e tão pouco nos cientistas. Não acredito na historia tendenciosa que me contaram a respeito da humanidade.

Você me pergunta “Em que você acredita?”.

Acredito na vida e na morte, na paz e na guerra, no amor e na indiferença, nos abraços e na falsidade, nos beijos e nas más intenções, nos carinhos e no desapego, no sexo imparcial, no trabalho, nas amizades verdadeiras e corriqueiras (também acredito na hipocrisia).

Acredito naquilo que penso, que vivo e que alimento.

Acreditar em tudo ou não acreditar em nada é apenas uma cosmovisão, ou uma interpretação do que somos, de onde estamos e do que acreditamos ser.

Acreditar ou não acreditar – não muda nada.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...