Visitantes

12 de outubro de 2012

A morte do poeta no alcance da promessa.




Quero aprender dizer ao teu ouvido somente o que lhe interessa. Por esta orbita do tempo debruçada sobre o acaso do destino quero viver ao teu lado e transformar todas minhas perdas em recompensa. Quero viver um amor alimentado no silencio por palavras, um amor onde à sinceridade ecoa sua voz em respeito. Que seja assim nosso afeto apreciado e degustado em pausas com o cálice da saudade.



A solidão que me discerne é o modo que encontrei para caminhar em santidade e apreço ao nosso reencontro. As sombras do passado é uma bela paisagem que cerca nossa estória e que devora nossas ambições no que tange a incerteza de desejar e não ter coragem de manifestar através da orbita dos sentimentos atrelados ao amor.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...