Visitantes

7 de outubro de 2012

Uma nova estória




Avanço sinais vermelhos
E grito de desespero ante minha incompetência.
Suicido de sede pela a vontade de querer
 E não saber como fazer realizar.
Contudo, belíssimo é o horizonte que se descortina a minha frente,
Semelhante à expectativa que tenho de casar em Tel Aviv.
Todo viver lado a lado é como o arco da promessa,
Tudo que um dia começa, um dia chega ao fim.
Aquilo que imaginava ser sagrado foi quebrado
Ou mais precisamente despedaçado em mais de mil partes.
Inesperadamente a vida tomou um novo rumo
E virou-me ao avesso dos pés a cabeça.
Logo quando comecei a criar raízes
E a pensar que tinha certeza de alguma coisa
Veio um vento forte e me levou para o outro canto do deserto.
Apesar de tudo, não guardo magoas e não tenho lamentos a queixar.
Foi exato quando me encontrava fraco
Que descobri que ainda tinha forças para lutar e vencer.
É difícil – muito abstruso!
Apesar disso, só vence na vida quem tem coragem
De renunciar sua própria estória para escrever uma nova.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...