Visitantes

20 de novembro de 2012

Certo do incerto

















Ao certo que por perto
A solidão é um deserto,
No vazio do quarto,
No cinza das paredes de concreto,
E no espelho uma imagem
De algo transparente e incerto.
Mesmo esperando o decreto
E andando de peito aberto,
A verdade virá revelar
O segredo ainda não descoberto,
Pensando devagar e
Com o coração desperto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...