Visitantes

25 de agosto de 2012

Fim das contas


No fim das contas, o que vale da vida.
É a maneira pela qual se viveu.
Por isso, não tenho receio de rasgar meu coração,
De mergulhar de cabeça
Mesmo correndo perigos de machucar.
A dor que nos aperfeiçoa
Ao mesmo tempo nos faz fortes
Para continuar lutando
E acreditando que no fim tudo valeu a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os textos são autoria de Giliardi Rodrigues. Proibida a reprodução de qualquer texto sem prévia autorização do autor.

Leia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...